MENSAGEM DE BOAS-VINDAS

Seja bem-vindo (a) ao website da I Reunião Brasileira em Tecnologias para a Produção e Regulamentação de Biofármacos – TECBIO. O evento está sendo organizado pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e ocorrerá entre os dias 20 a 22 de julho de 2017.

A TECBIO será dividida em 2 áreas: tecnologias inovadoras a produção de biofármacos e regulamentação destes medicamentos biológicos no Brasil e no mundo. Dentre os temas discutidos, estarão a produção de anticorpos monoclonais para o tratamento do câncer, clonagem animal, edição gênica com CRISPR/Cas9 e registro de medicamentos biológicos no Brasil e Estados Unidos.

O evento contará com empresários da Indústria Farmacêutica nacional e dos Estados Unidos, renomados pesquisadores do Brasil, Chile e Estados Unidos e representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Ministério da Saúde.

O formato do evento permitirá reunir grandes expoentes nacionais na área com exemplos internacionais bem-sucedidos. Certamente, a partir da TECBIO surgirão novas parcerias que, em médio-prazo, possibilitarão ao país quebrar a inércia na produção de biofármacos e modernizar a legislação de uma forma que atenda aos anseios de quem domina a tecnologia e, principalmente, da sociedade que carece de tratamentos mais eficazes para as doenças que a assolam.

A TECBIO espera produzir discussão de alto nível e soluções para alavancar a cadeia de produção de biofármacos com tecnologia nacional. O local do evento não poderia ser mais adequado: Fortaleza, a bela capital do Ceará, um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil.

Desejamos a você um ótimo evento!

Comissão Organizadora.


  • Tecnologias inovadoras para a produção de biofármacos

    A Biotecnologia é uma ciência em franca expansão e que agrega em si profissionais de várias áreas, como Medicina, Medicina Veterinária, Farmácia, Biologia, Agronomia, dentre outras. Exemplo disso é a produção de biofármacos, que pode ser realizada em diversas plataformas, como cultivo de células de mamíferos, animais transgênicos, plantas, fungos e bactérias.

    O mercado mundial de biofármacos movimenta cerca de U$ 200 bilhões anualmente. Somente no Brasil, estes medicamentos biológicos geram um custo de R$ 4 bilhões por ano, respondendo por 38% do déficit total da balança comercial de medicamentos.

    A TECBIO apresentará palestras de profissionais que estão na fronteira do conhecimento em tecnologias e plataformas para a produção de biofármacos. Serão abordadas a produção de anticorpos monoclonais em células de mamíferos, utilização de plantas como biorreatores, produção de anticorpos policlonais em bovinos transgênicos e de biofármacos em caprinos geneticamente modificados. Como ferramentas para estas plataformas, será discutido o uso da clonagem animal, CRISPR/Cas9, engenharia racional de proteínas e adenovírus recombinante.

  • Regulamentação associada ao desenvolvimento de biofármacos

    O Brasil tem produzido pesquisa de qualidade que avança na fronteira do conhecimento no que tange à produção e caracterização de biofármacos. Entretanto, estes exemplos bem-sucedidos raramente chegam ao mercado. Para ultrapassar esse “vale da morte” que existe entre a pesquisa científica e a transferência de tecnologia, é necessário agregar a cadeia nacional de biotecnologia, aliando quem desenvolve produtos com a indústria e o amplo conhecimento das normas estabelecidas pelas Agências Reguladoras.

    Neste contexto, a TECBIO tem por objetivo central reunir diferentes grupos que produzem biofármacos no Brasil com representantes da indústria farmacêutica e de órgãos reguladores. Exemplos bem-sucedidos no desenvolvimento de tecnologias inovadoras e na aprovação de biofármacos na agência Americana, o FDA, ministrarão palestras, bem como representantes do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

CONHEÇA OS PALESTRANTES DATECBIO